Novidades

“A riqueza e fluidez das linguagens, Libras, Audiodescrição incorporadas à dinâmica e sensibilidade teatral, uniram à todos na plateia em uma apreciação integrada.”

“É Proibido Miar: Um engenheiro especialista em acessibilidade e inclusão social, também portador de deficiência, explicou para um grupo do qual eu fazia parte que “Uma coisa é criar um ambiente e serviços direcionados para as necessidades de um segmento social.Isto é Acessibilidade. Outra é criar um ambiente e serviços com acesso a todas as pessoas, deficientes ou não, desfrutarem juntas. Isto é Inclusão Social. O ideal é acessibilidade com ampla inclusão.”

Este conceito me marcou muito e hoje, assistindo ao espetáculo, É PROIBIDO MIAR da MA Companhia, dirigido por Denis Gosch, eu vivi este conceito!

A riqueza e fluidez das linguagens, Libras, Audiodescrição incorporadas à dinâmica e sensibilidade teatral, uniram à todos na plateia em uma apreciação integrada. Acredito que assistir ao espetáculo sentindo a pulsação e energia dos atores comunicando diretamente com a plateia seja pela visão no caso dos deficientes auditivos ou pela audição no caso dos deficientes visuais, deve conferir um envolvimento muito maior com a obra.Ao mesmo tempo em que os espectadores regulares não sentem o menor distanciamento.

Atores super entregues a dinâmica e curtindo com brilho no olhar. Gente muito da boa!

Cenário e figurinos suficientes, proposta que eu respeito muito!

Uma iluminação que dialoga com a linguagem, compõe e coaduna com a linguagem.

Um texto lindo sobre identidade e aceitação.

Um trabalho que vai marcar a trajetória do teatro infantil!

Parabéns, Juliana Kersting, Dani Dutra, Joana Amaral, Douglas Dias, Denis Gosh, Ricardo Zigomático, Casemiro Azevedo e toda a galera que se envolveu e enriqueceu o processo!

Não deixem de assistir!”

Via Facebook

Lisiane Medeiros, atriz.